G20 SOCIAL

Parceria G20 Brasil e Voz das Comunidades: o olhar das favelas apresentado ao mundo

A Comunicação do G20 Brasil firma parceria com a Voz das Comunidades para divulgar e ecoar o olhar das favelas e periferias sobre temas candentes, como mudanças climáticas e combates às desigualdades – duas prioridades da presidência brasileira do fórum das maiores economias do mundo. Conteúdos produzidos por moradores de favelas terá uma página específica no site G20 Brasil.

08/07/2024 07:00 - Modificado há 4 dias
Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação
Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação

A partir de hoje (08), o site G20 Brasil oferece um espaço especial, destinado a notícias e artigos produzidos por moradores de favelas e periferias, sobre temas que afetam diretamente estas populações de forma desigual e mais cruel. O diferencial deste espaço é que as matérias serão produzidas dentro das favelas, a partir da realidade e olhar de quem vivencia o território em seu cotidiano. 

Temas candentes, como mudanças climáticas e combates às desigualdades – duas prioridades da presidência brasileira do fórum das maiores economias do mundo - , entre outros assuntos que afetam estas populações (que, no Brasil, chegam a 10% do total, segundo a ONG Voz das Comunidades), estarão na pauta. 

O anúncio da parceria com o G20 Brasil coincide com o evento de lançamento do F20 que acontece hoje (08), no Rio de Janeiro, com participação de lideranças de diferentes favelas cariocas. O Favelas 20 se insere no contexto social do G20 Social com o objetivo de ampliar a base de participação social, assegurar a incidência dos movimentos de favelas nos processos decisórios do grupo e conectar as comunidades aos líderes globais e agendas do G20.

O F20 é estruturado em cinco grupos de trabalho (GTs) focados em áreas específicas, que incluem: 

1. Combate às Desigualdades, Pobreza, Fome e Promoção da Saúde Mental. 
2. Acesso à Água Potável, Saneamento Básico e Higiene Pessoal. 
3. Combate à Crise Climática e Promoção da Transição Energética Justa. 
4. Combate ao risco de desastres naturais. 
5. Transformação, Inclusão Digital e cultural. 

Esses grupos de trabalho visam abordar questões críticas enfrentadas pelas comunidades faveladas e promover soluções sustentáveis e inclusivas para melhorar a qualidade de vida dos moradores. 

As recomendações do F20 serão encaminhadas para as autoridades brasileiras competentes e entregues durante a Cúpula social do G20, que ocorrerá entre os dias 14 e 16 de novembro, no Rio de Janeiro.

Veja também

Carregando