NOTÍCiAS

Boletim G20 Ed. 172 - G20 Brasil busca consenso para financiar a transição ecológica

O Brasil está em busca de consenso entre os países do G20 para obter financiamento destinado à transição ecológica e para implementar soluções que mantenham a floresta amazônica e suas populações em equilíbrio com o desenvolvimento sustentável. Essas iniciativas visam promover o crescimento econômico e, ao mesmo tempo, proteger a biodiversidade e garantir o bem-estar das comunidades locais. Ouça reportagem e saiba mais.

10/07/2024 07:00 - Modificado há 4 dias

Repórter: O consenso sobre a ampliação do acesso aos Fundos Verdes é essencial para financiar projetos de transição ecológica, com justiça social e soluções de baixo impacto ambiental. Este é um dos focos da terceira reunião do Grupo de Trabalho de Finanças Sustentáveis, que acontece esta semana aqui em Belém, capital do Pará.

Belém tem 72% do território total submetido a alagamentos, que incluem as baixadas da capital, na parte continental, e as ilhas. Mais da metade da população vive em áreas alagáveis, o que aprofunda a importância de soluções urbanísticas baseadas na natureza. A presidência brasileira do G20 confia no consenso para ampliar o acesso dos países do Sul Global aos Fundos Verdes, como uma solução com baixo impacto ambiental, que pode ser implementada em diferentes contextos, como explica Ivan Oliveira, coordenador do Grupo de Trabalho de Finanças Sustentáveis.

Ivan Oliveira: A gente vai ter a apresentação do grupo de especialistas, são 12, e que vão trazer ao G20 aqui em Belém um primeiro relatório com sugestões e recomendações de como facilitar o acesso aos Fundos. A gente vai ter pelo menos 30 bilhões de dólares ao longo dos próximos cinco anos nesses nesses Fundos. Então como é que esse dinheiro de fato chega na ponta, porque a gente quer é que essa agenda de transição justa, ela seja incorporada em definitivo na agenda de transição no mundo ou seja não basta reduzir carbono, a gente tem que manter a floresta em pé manter as pessoas que vivem na floresta que vivem na floresta, mais integrados com a natureza

Repórter: O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, fala da relevância do financiamento climático para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, especialmente no contexto da crise climática.

Edmilson Rodrigues: É necessário mais do que mitigar, buscar caminhos alternativos para o desenvolvimento. Para nós do Sul global que estamos vendo a crise se abater contra as populações mais carentes, naturalmente o financiamento climático é algo fundamental. 

Repórter: O prefeito Edmilson Rodrigues ainda destacou ações de infraestruturas resistentes aos efeitos das mudanças climáticas que vêm sendo implementadas na cidade, com financiamento de bancos multilaterais de desenvolvimento, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e acordos de cooperação internacional com a União Européia e o governo da Espanha, que fazem parte do G20.

Outras notícias

FINANÇAS SUSTENTÁVEIS

Em Belém, expectativa é por consenso sobre ampliação do acesso ao financiamento para transição ecológica

9 de julho de 2024
G20 Brasil espera por consenso por financiamento para a transição ecológica e soluções substantivas para manter a floresta e suas populações em equilíbrio com o desenvolvimento sustentável. Sede da COP 30, a capital do Pará já realiza políticas em infraestrutura resiliente contra os efeitos da crise do clima.
Leia maissobreEm Belém, expectativa é por consenso sobre ampliação do acesso ao financiamento para transição ecológica