G20 SOCIAL

G20 Social conectado: grupos de engajamento estão nas redes

Publicizar informações, atualizar os usuários sobre as agendas, explicar o histórico do grupo e o próprio G20. Atentos à presença em rede, seis grupos já tem endereço web e quatro já estão com perfis em redes sociais.

12/02/2024 09:00 - Modificado há 18 dias

A internet já é definitivamente parte da vida das pessoas, em um contexto em que cada vez mais “mundo real” e “mundo virtual” estão interligados. A forma com que nos relacionamos e nos informamos é diretamente influenciada pelo online. Um fato que os grupos de engajamento do G20 Social não ignoram. Dos treze grupos, seis já têm sites próprios no ar, tanto como canais de informação quanto como ferramenta de facilitação de diálogo com a sociedade civil não só do Brasil, mas do mundo. Uma forma de dar transparência às agendas e aos debates, além de dar visibilidade às pautas no universo www (world wide web).

Nos sites, é possível encontrar, por exemplo, informações sobre os grupos de engajamento, as prioridades durante a presidência brasileira, histórico no G20, calendário de eventos, compilado de notícias e informações para contato. Além dos sites, quatro grupos mantêm também redes sociais (instagram e twitter).

“O site e as redes sociais funcionam como uma vitrine, evidenciando a importância e o impacto do trabalho realizado por essas instituições. As redes sociais são um canal aberto de debate entre a comunidade de auditores da Organização Internacional de Entidades Fiscalizadoras Superiores (Intosai) e a sociedade em geral. Essa é uma interação que fortalece o nosso diálogo", colocou o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, que coordena o SAI20 (Grupo de Engajamento de Instituições Superiores de Controle) neste ano.

Alessandra Nilo, sherpa do C20 (Grupo de Engajamento que congrega atores e instituições da sociedade civil) durante a presidência brasileira, também destacou a importância de estar nas redes. “Através do website, nós convidamos as organizações de todos os países do mundo, não só aqueles restritos ao grupo que compõem o G20, mas todas as organizações da sociedade civil no mundo inteiro são convidadas a participar e a se engajar em nossas ações”, destacou ela.

Confira os endereços online dos grupos:

B20 (Business)

Site: b20brasil.org

Instagram: @B20Brasil

Twitter: @B20

C20 (Sociedade Civil)

Site: c20brasil.org

Instagram: @C20.Brasil

Twitter: @C20Brasil

SAI20 (Instituições Superiores de Controle)

Site: sai20.org

Instagram: @SAI20org

Twitter: @SAI20org

T20 (Think Tanks)

Site:.t20brasil.org

Instagram: @T20org

Twitter: @T20org

U20 (Cidades)

Site: urban20.org

W20 (Mulheres)

Site: w20brazil.com

E que tal aproveitar também para seguir as redes oficiais do G20 Brasil? Você pode encontrar o G20 no facebook, instagram, twitter, koo, flickr e youtube, e acompanhar o G20 no dia a dia, pela tela do seu celular ou computador.

G20 Social

O G20 Social é uma iniciativa da presidência brasileira do fórum, com objetivo de ampliar a participação de atores da sociedade civil nas atividades e nos processos decisórios. A iniciativa garantirá espaço para as diferentes vozes, lutas e reivindicações das populações e dos agentes não-governamentais dos países que compõem as maiores economias do mundo. Para além dos grupos de engajamento citados, que já estão com seus sites no ar, o G20 Social também conta os grupos Y20 (juventude); L20 (trabalho); S20 (ciências); Startup20 (startups); P20 (parlamentos); e os mais novos J20 (cortes supremas) e O20 (oceanos).