NOTÍCIAS

Boletim G20 Ed. 62 - Oceanos são tema de grupo e ganham papel central no G20 Social

Grupo de Engajamento Oceans 20 busca ativamente promoção a cooperação internacional para uma economia oceânica sustentável. Ouça e saiba mais!

01/03/2024 02:36 - Modificado há um mês

Repórter: O Grupo de Engajamento Oceans 20 estreia em 2024 no G20, sob a presidência brasileira, e tem papel fundamental, mas negligenciado, da importância dos oceanos nas mudanças climáticas. A doutora Simone Pennafirme, membro da coordenação do Oceans 20 pela Cátedra Unesco para a Sustentabilidade dos Oceanos explica a importância da criação do novo Grupo de Engajamento do G20. 

Simone Pennafirme: De uma forma geral o O20 busca ativamente promoção a cooperação internacional para uma economia oceânica sustentável. E elevar o tema do Oceano dentro da agenda do G20, não é apenas uma necessidade, mas uma oportunidade para o desenvolvimento sustentável global.

Repórter: A realização de uma economia oceânica sustentável, a economia Azul, depende da proteção eficaz da produção sustentável e prosperidade dentro do sistema socioecológico Global.

Simone Pennafirme: A influência dos oceanos se estende muito além da regulação do clima que já é em si algo muito significativo. Os oceanos também transportam mais de 80% do comércio internacional de mercadorias. As rotas comerciais oceânicas constituem a espinha dorsal da economia mundial e uma condição prévia para a globalização como nós a conhecemos hoje. Então, os oceanos têm um papel fundamental, e é preciso cada vez mais que a temática oceânica esteja presente também nas discussões do G20.

Repórter: A maioria dos países do G20 são estados costeiros. Detêm posições de destaque e significativas em todos os principais negócios relacionados ao oceano. O Grupo de Engajamento ligado ao G20 Social busca atenção e reconhecimento na promoção da cooperação internacional para uma economia oceânica sustentável, garantindo a preservação e distribuição de seus benefícios.