NOTÍCIAS

Boletim G20 Ed. 9 - Países da América Latina e Caribe aprovam plano de segurança alimentar

Região vai contar com um plano unificado para combater a fome e a pobreza, alinhado à criação da Aliança Global, uma das prioridades da presidência brasileira no G20. Ouça e saiba mais!

18/01/2024 08:07 - Modificado há 3 meses

Repórter: Países-membros da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos, a CELAC, definiram o Plano de Segurança Alimentar e Nutricional e Erradicação da Fome 2030. A definição aconteceu em encontro realizado nesta semana em Santiago do Chile. 

O plano tem como pilares a garantia de alimentação adequada; apoio à produção sustentável e acesso a alimentos saudáveis; e a transição para sistemas agroalimentares resistentes aos impactos das mudanças climáticas. Esses sistemas permitem uma produção integrada ao meio ambiente, promovendo ao mesmo tempo inclusão social e conservação ambiental.

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, participou do evento e avaliou que o plano latino-americano e caribenho dialoga diretamente com a proposta da presidência brasileira no G20, o que representa um passo importante para tornar realidade a Aliança Global Contra a Fome e a Pobreza.

Ministro Wellington Dias: Certamente, hoje há as condições de garantir um passo muito importante nessa caminhada.

Repórter: O ministro brasileiro Wellington Dias aproveitou as reuniões bilaterais com autoridades e representantes internacionais para buscar apoio para a construção da Aliança no G20.

Esteban Valenzuela, ministro da Agricultura do Chile, também considerou importante o plano e declarou que é necessário fazer alianças comerciais com o Brasil para ampliar as compras públicas. Ele citou como exemplo o Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA. O programa do governo federal brasileiro, executado pela Companhia Nacional de Abastecimento, a Conab, promove o acesso à alimentação e incentiva a agricultura familiar. 

Javiera Toro Cáceres, ministra do Desenvolvimento Social e Família do Chile, solicitou ao governo brasileiro o compartilhamento das políticas que integram os beneficiários do Bolsa Família ao mercado de trabalho. O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do Brasil.

A reunião da cúpula da CELAC, com a presença de chefes de Estado, está marcada para março deste ano, e deve avalizar o plano, que já tem o apoio da da FAO, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura.

Outras notícias

ALIANÇA GLOBAL

CELAC: Plano de segurança alimentar endossa proposta de criação da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza

18 de janeiro de 2024
Região vai contar com um plano unificado para combater a fome e a pobreza, alinhado à criação da Aliança Global, uma das prioridades da presidência brasileira no G20. Ação é resultado de reunião de alto nível da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC)
Leia maissobreCELAC: Plano de segurança alimentar endossa proposta de criação da Aliança Global contra a Fome e a Pobreza