Participação social

Science (S20)

O Science20 (S20) é o grupo de engajamento do G20 para a área de ciência e tecnologia. Formado pelas Academias nacionais de ciências dos países do G20, o GE promove um diálogo entre a comunidade científica e os formuladores de políticas.

Sobre o S20

Análogo ao G20, o S20 possui um secretariado rotativo não permanente e opera como um fórum, sendo suas cúpulas realizadas anualmente, geralmente antes da respectiva cúpula do G20. A organização do Science20 Brasil 2024 é responsabilidade da Academia Brasileira de Ciências (ABC), que definiu “Ciência para a Transformação Mundial” como lema para a 8ª edição do grupo de engajamento. Como vários temas poderiam ser discutidos sob esta ampla perspectiva, a ABC decidiu implementar cinco forças-tarefa distintas:

Bioeconomia: impulsionando o mundo em direção a um planeta sustentável;

Desafios da Saúde: qualidade, equidade e acesso;

Inteligência Artificial: ética, impacto social, regulamentação e compartilhamento de conhecimento;

Justiça Social: promovendo a inclusão, acabando com a pobreza e reduzindo as desigualdades e

Processo de Transição Energética: energias renováveis, considerações sociais e econômicas.

Histórico

O Science20 (S20) foi criado em 2017 para atuar como o grupo de engajamento do G20 para a área de ciência e tecnologia. Ao longo do ciclo anual, os membros do S20 abordam tópicos relevantes e formulam documentos com recomendações específicas e ações implementáveis para o G20. Essas propostas formam a base do comunicado do S20, que é apresentado oficialmente aos líderes do G20 para consideração.

Edições anteriores do S20 foram realizadas nos seguintes países: Alemanha (2017), Argentina (2018), Japão (2019), Arábia Saudita (2020), Itália (2021), Indonésia (2022) e Índia (2023).