EVENTOS PARALELOS

States of the Future

22 A 26 DE JULHO | RIO DE JANEIRO

13/06/2024 03:00 - Modificado há 2 dias

Sobre o evento

O States of the Future, evento paralelo do G20, visa reunir uma coalizão diversificada de atores globais, incluindo governos, think-tanks, sociedade civil, academia, setor privado e organismos internacionais, para fomentar um diálogo multidisciplinar e multissetorial sobre a reimaginação das capacidades estatais frente aos desafios emergentes do século XXI.  

O objetivo principal do evento é articular e compartilhar visões, estratégias e práticas inovadoras para transformar os serviços públicos e a governança, enfocando a integração de tecnologias avançadas e a resposta aos choques e crises que desafiam a capacidade estatal. Busca-se, com isso, estabelecer uma plataforma para a colaboração internacional, o intercâmbio de conhecimento e a criação de parcerias estratégicas que possam guiar a construção de um futuro resiliente, inclusivo e sustentável, onde os governos e suas instituições estejam aptos a responder de forma eficaz e adaptativa às necessidades e expectativas de suas populações em um mundo em constante transformação. 

As diversas ondas de reforma do serviço público ao longo da história refletiram as necessidades, os contextos e os desafios predominantes de suas respectivas épocas. Enquanto reformas anteriores podem ter se concentrado em aspectos como a eficiência administrativa, a redução de custos, a descentralização, ou a introdução de princípios de gestão do setor privado, o debate atual sobre o Estado do futuro é marcado por sua abordagem mais abrangente e multidimensional, impulsionada por fatores novos e emergentes, como inteligência artificial, a internet das coisas, a biotecnologia, e outras inovações. Transformações rápidas e profundas, como as impulsionadas por avanços tecnológicos, pandemias, mudanças climáticas, novas ameaças à segurança transnacional e evoluções significativas no mercado de trabalho demandam novas respostas e capacidades das estruturas estatais.

Vivemos um momento de transição profunda, em que várias mudanças sistêmicas interconectadas transformam fundamentalmente a sociedade. Transições profundas são momentos únicos que requerem ação coordenada em múltiplos setores da sociedade, incluindo governo, indústria, sociedade civil e indivíduos. Acima de tudo, demandam uma reflexão profunda sobre o papel do Estado para engajar e promover uma revolução em direção a um modelo de desenvolvimento mais sustentável e socialmente justo. Quais investimentos transformadores são necessários? Quais mudanças devem impulsionar as reformas das instituições governamentais? Como podemos criar sistemas de cooperação internacional para proteger bens públicos globais? Quais são as políticas que restringem e impedem um desenvolvimento sustentável e duradouro? Quais aspectos regulatórios não devem ser negligenciados? Quais capacidades estatais serão necessárias para implementar um futuro desejável? 

O evento, organizado em parceria entre o Ministérios da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, o BNDES e os Ministérios das Relações Exteriores e do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, contará com uma programação aberta ao público amplo, de segunda a quarta-feira, e encontros com organizações da sociedade civil convidadas, na quinta e sexta-feira.

Programação

22 DE JULHO | SEGUNDA-FEIRA | MANHÃ

Local: Auditório do BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

9h-9h30

Credenciamento e café de boas-vindas

9h30 -10h

Abertura

Esther Dweck, Ministra, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Anielle Franco, Ministra, Ministério da Igualdade Racial

Sonia Guajajara, Ministra, Ministério dos Povos Indígenas (a confirmar)

Aloizio Mercadante, Presidente, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Achim Steiner, Administrador, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento -– PNUD

Leonardo Barchini, Diretor, escritório da OEI no Brasil

10h-12h

Painel de Abertura: Estados do Futuro

Dilma Rousseff, ex-Presidenta do Brasil e presidenta do Novo Banco de Desenvolvimento

Michelle Bachelet, Ex-Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Diretora Executiva da ONU Mulheres e ex-Presidenta do Chile ex-Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos e ex-Diretora Executiva da ONU Mulheres

Naledi Pandor, Ministra, Ministério das Relações Exteriores da África do Sul (a confirmar)

Denise Ferreira da Silva, Professora da Cadeira Samuel Rudin em Humanidades e co-diretora do Critical Racial and AntiColonial Study Co-Laboratory, New York University

Mariana Mazzucato, Instituto para Inovação e Propósito Público - IIPP/UCL

12h-14h

Intervalo para almoço

22 DE JULHO | SEGUNDA-FEIRA | TARDE

Local: Galpão da Cidadania (Gamboa)

EVENTO FECHADO

14h-14h30

Palavras de abertura

Esther Dweck, Ministra, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos – MGI

14h30-15h

Lançamento - PNUD Signals Spotlights 2024

Achim Steiner, Administrador, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

15h-17h

Painel - Redes de Proteção Social do Futuro: Inovação para redução de desigualdades

José Antonio Ocampo, Professor, Universidade Columbia

José Graziano da Silva, Diretor-Geral, Instituto Fome Zero; ex-Diretor-Geral, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO)

Jurema Werneck, Diretora-Executiva, Anistia Internacional Brasil

Lívia Sant’Ana Vaz, Promotora de Justiça, Ministério Público da Bahia

Marcos Athias Neto, Secretário-Geral Assistente, ONU; Administrator Assistente, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

Michelle Bachelet, ex-Presidenta do Chile; ex-Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos; ex-Diretora Executiva da ONU Mulheres

17h-19h

Painel - Construindo capacidades estatais para o desenvolvimento econômico

Giovanni Dosi, Professor, Scuola Superiore Sant’Anna

Ha-Joon Chang, Professor, SOAS Universidade de Londres

Helena Lastres, Pesquisadora Associada, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Laura Carvalho, Diretora Global de Prosperidade Econômica e Climática, Open Society Foundations; Professora Associada, Universidade de São Paulo - USP

Mariana Mazzucato, Diretora-fundadora, Instituto para Inovação e Propósito Público - IIPP/UCL

23 DE JULHO | TERÇA-FEIRA | MANHÃ

Local: Auditório do BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

9h-9h30

Credenciamento e café de boas-vindas

9h30-10h

Abertura

Miriam Belchior, Secretária-Executiva, Casa Civil, Presidência da República

Tereza Campello, Diretora Socioambiental, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES

10h-10h40

Conferência Magna

Ha-Joon Chang, Professor, SOAS Universidade de Londres

10h40-12h

Painel - Desafios de Política Industrial no século XXI

Moderador: José Luis Gordon, Diretor de Desenvolvimento Produtivo, Inovação e Comércio Exterior, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Fiona Tregenna, Professora, Universidade de Joanesburgo

Giovanni Dosi, Professor, Scuola Superiore Sant’Anna

12h-12h30

Painel - Desafios de Sustentabilidade no século XXI

Moderadora: Luciana Costa, Diretora de Infraestrutura, Transição Energética e Mudança Climática, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Jeffrey Sachs, Professor, Universidade de Columbia (online)

12h30-14h

Intervalo para almoço

23 DE JULHO | TERÇA-FEIRA | TARDE

Local: Auditório do BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

14h-14h30

Painel - Desigualdade na economia mundial neoliberal

Moderador: André Roncaglia, Professor, Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

James Galbraith, Professor, University of Texas at Austin (online)

14h30-15h30

Painel - Arquitetura Financeira Internacional

Moderadora: Lavinia Barros de Castro, Comitê de Assuntos Estratégicos, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Jan Kregel, Professor, the New School for Social Research

José Antonio Ocampo, Professor, Universidade Columbia

15h30-16h30

Painel - Desafios Econômicos no Pós Pandemia

Moderador: Nelson Barbosa, Diretor de Planejamento e Estruturação de Projetos, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Isabella Weber, Professora, Universidade de Massachusetts

Richard Kozul-Wright, Diretor da Divisão de Globalização e Estratégias de Desenvolvimento, Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento - UNCTAD

16h30-17h30

Painel - Desafios de Política Econômica em Países em Desenvolvimento

Moderador: Gabriel Aidar, Diretor Adjunto, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Amir Lebdioui, Professor Associado, Oxford University

Martin Rapetti, Professor, Universidade de Buenos Aires

24 DE JULHO | QUARTA-FEIRA | MANHÃ

Local: Auditório do BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

9h30-10h

Credenciamento e café de boas-vindas

10h-12h

Painel - Desenvolvimento Sustentável e o Papel do Estado

Ailton Krenak, Academia Brasileira de Letras

João Paulo Capobianco, Secretário-Executivo, Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima

Letícia Leobet, Assessora Internacional, Geledés – Instituto da Mulher Negra

Per Fredrik Pharo, Diretor de Clima e Meio Ambiente, Agência Norueguesa de Cooperação para o Desenvolvimento – Norad

Rafael Dubeux, Secretário-Executivo Adjunto, Ministério da Fazenda

Svetlana Klimenko, Líder Global para Finanças Sustentáveis, Banco Mundial

Thelma Krug, ex-Vice-presidente, Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas - IPCC

12h-14h

Intervalo para almoço

24 DE JULHO | QUARTA-FEIRA | TARDE

Local: Auditório do BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

14h-16h

Painel - Transformação do Estado no século XXI

Conrado Ramos, Secretário-Geral, Centro Latinoamericano de Administração para o Desenvolvimento - CLAD

Elsa Pilichowski, Diretora de Governança Pública, Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico - OCDE

Esther Dweck, Ministra, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Geraldine Fraser-Moleketi, Presidenta, Thabo Mbeki Foundation

José Luis Escrivá, Ministro, Ministério para a Transformação Digital e da Função Pública da Espanha

16h-18h

Painel – Democracia e a Nova Governança Global

António Costa, Presidente eleito do Conselho Europeu

Carlos Correa, Diretor Executivo, The South Centre

Celso Amorim, Chefe da Assessoria Especial do Presidente da República do Brasil

Naledi Pandor, ex-Ministra dos Assuntos Internacionais da África do Sul (a confirmar)

Sheikh Hasina, Primeira-Ministra de Bangladesh (a confirmar)

18h-18h20

Encerramento da Parte 1 e anúncio da Parte 2

Cristina Mori, Secretária Executiva, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Francisco Gaetani, Secretário Extraordinário para a Transformação do Estado, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

25 DE JULHO | QUINTA-FEIRA | MANHÃ

Local: BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

SEMINÁRIOS E MESAS DE DIÁLOGO SOCIAL SIMULTÂNEOS

8h30-9h

Credenciamento e café de boas-vindas

9h-12h

Mesa de Diálogo - Transformação Digital: Inovações e Desafios

Coordenador: Rodrigo Assumpção, Presidente, Dataprev

Astha Kapoor, Cofundadora, Aapti Institute

Fernando Filgueiras, Professsor associado, Universidade Federal de Goiás

Helen Margetts, Professora, Universidade de Oxford; Diretora de Políticas Públicas, Instituto Alan Touring para Ciência de Dados e Inteligência Artificial

María Luz Rodríguez, Professora, Universidad de Castilla-La Mancha – UCLM

Nina da Hora, Fundadora, Instituto da Hora

Rogério Mascarenhas, Secretário de Governo Digital, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Mediador: Danilo Bertazzi, Chefe da Assessoria Especial de Cooperação Federativa em Gestão e Governo Digital, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Mesa de Diálogo – Diversidade e Inclusão para o Verdadeiro Desenvolvimento

Coordenadora: Daniela Gorayeb, Chefe da Assessoria Especial de Participação Social e Diversidade, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Alejandra Faúndez, Diretora Regional para a América latina, Consultoria Inclusión y Equidad

Bianca Santana, Diretora Executiva, Casa Sueli Carneiro

Carolina Almeida, Associada, Geledés Instituto da Mulher Negra

James Green, Professor, Brown University

Joziléia Kaingang, Cofundadora da Articulação Nacional de Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade - ANMIGA

Moderador: Jairo Marques, jornalista, Folha de São Paulo

12h-14h

Intervalo para almoço

25 DE JULHO | QUINTA-FEIRA | TARDE

Local: BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

SEMINÁRIOS E MESAS DE DIÁLOGO SOCIAL SIMULTÂNEOS

14h-17h

Mesa de Diálogo - Futuro do trabalho no serviço público

Coordenador: José Celso Cardoso Jr., Secretário de Gestão de Pessoas, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Carlindo Rodrigues de Oliveira, Camargos Rodrigues - Consultoria em Economia e Relações Trabalhistas

Felipe Melo, Secretário, Secretaria de Serviço Público, Chile

Guido Bertucci, Diretor Executivo, Governance Solutions International

Luciana Cingolani, Professora Assistente, Hertie School

Mediador: José Lopez Feijóo, Secretário de Relações de Trabalho, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Mesa de Diálogo - Inovação Pública e Social

Coordenadora: Elisa Leonel, Secretária de Coordenação e Governança de Empresas Estatais, Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos

Jeroo Billimoria, cofundadora, Catalyst 2030

Juha Lepännen, Executivo-Chefe, Demos Helsinki

Lorrayne Porciúncula, Co-fundadora e Diretora-Executiva, The Datasphere Initiative

Silvana Bahia, Codiretora executiva, Olabi

Zarah Bruhn, Comissária para Inovação Social, Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha

Mediador: Cilair Rodrigues de Abreu, Secretário de Serviços Compartilhados, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

26 DE JULHO | SEXTA-FEIRA | MANHÃ

Local: BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

SEMINÁRIOS E MESAS DE DIÁLOGO SOCIAL SIMULTÂNEOS

8h30-9h

Credenciamento e café de boas-vindas

9h-12h

Mesa de Diálogo – Transformando a Educação para uma Educação Transformadora

Coordenadora: Betânia Lemos, Presidenta, Escola Nacional de Administração Pública - Enap

Cristovam Buarque, membro do Conselho de Administração, The South Centre

Evânio Antônio de Araújo Júnior, Secretário de Gestão da Informação, Inovação e Avaliação de Políticas Educacionais, Ministério da Educação

Nuno Crato, Professor, Universidade de Lisboa; ex-ministro de Educação e Ciência de Portugal

Emanuele Sapienza, Líder global – Esfera pública aberta e inclusiva, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

Ricardo Henriques, Superintendente-Executivo, Instituto Unibanco

Sônia Guimarães, Professora, Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA

Mediadora: Gecilda Esteves Silva, Diretora-Geral Substituta, Arquivo Nacional, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Mesa de Diálogo – De Olho na Saúde Pública do Futuro

Coordenador: Rafael Almeida, Gerente de Projeto, Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos

Adriano Massuda, Secretário de Atenção Especializada, Ministério da Saúde

Dessi Dmitrova, Oficial de Inovações Técnicas, Innovation Hub, Organização Mundial da Saúde - OMS

Jonas Brant, Professor, Universidade de Brasília - UnB

Marcia de Castro, Professora, Universidade de Harvard

Socorro Gross, Representante no Brasil, Organização Pan-Americana da Saúde - OPAS/Brasil

Mediadora: Lena Peres, Conselheira da Administração da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH

12h-14h

Intervalo para almoço

26 DE JULHO | SEXTA-FEIRA | TARDE

Local: BNDES – Av. República do Chile, 100, Centro

SEMINÁRIOS E MESAS DE DIÁLOGO SOCIAL SIMULTÂNEOS

14h-17h

Mesa de Diálogo – Futuro do Estado

Coordenador: Adauto Modesto, Secretário-Executivo Adjunto, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Clara Mattei, Professora, the New School for Social Research

Denilson Coêlho, Professor, Universidade de Brasília - UnB

Mônica Sodré, Senior Fellow, Centro Brasileiro de Relações Internacionais - CEBRI

Norberto Montani Martins, Assessor Especial, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Mediadora: Patricia Sousa, Chefe de Gabinete da Ministra de Estado, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Mesa de Diálogo – Política externa como política pública

Coordenador: Livia Sobota, Diretora de Programa, Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Graciela Rodriguez, Coordenadora, Instituto Eqüit

ƒNathalie Beghin, Integrante do Colegiado de Gestão, Instituto de Estudos Socioeconômicos - INESC

ƒNick Zimmerman, Sócio-fundador, Dinámica Americas

ƒPedro Abramovay, Vice Presidente de Programas, Open Society Foundations

ƒVanessa Dolce de Faria, Assessora Especial, Ministério das Relações Exteriores do Brasil

ƒMediador: Fabrício Prado, Ministério das Relações Exteriores do Brasil

Palestrantes

Esther Dweck
Ministra de Estado da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos

Professora Associada do Instituto de Economia da UFRJ. Possui doutorado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), com período-sanduíche no LEM da Scuola Sant'Anna, em Pisa, Itália. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Economia do Setor Público do IE-UFRJ. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia do Setor Público, Crescimento e Desenvolvimento Econômico, atuando principalmente nos seguintes temas: regime fiscal e participação do Estado, crescimento liderado pela demanda, integração micro-macro, análises de insumo-produto e modelos de simulação. Entre junho de 2011 e março de 2016, atuou no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, no cargo de Chefe da Assessoria Econômica (2011-2014) e como Secretária de Orçamento Federal (2015-2016).

Aloizio Mercandante
Presidente do BNDES
Aloizio_Merdacante.jpg

O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, é economista formado pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Ciências Econômicas e doutor em Teoria Econômica, ambos pela Unicamp. É professor aposentado de economia da Unicamp e professor licenciado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Participou da fundação do Partido dos Trabalhadores e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Foi deputado federal pelo PT em dois mandatos (1991-1995) e (1999-2003), e candidato a vice-presidente da República na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva em 1994. Foi senador da República mais votado da história, com 10,5 milhões de votos, para o mandato de 2003 a 2011.

No governo da presidenta Dilma Rousseff, foi ministro da Educação, de Ciência, Tecnologia e Inovação e Chefe da Casa Civil da Presidência da República. Mercadante também presidiu a Fundação Perseu Abramo, braço acadêmico e de formulação de políticas públicas do PT. Ao longo de sua trajetória, participou da coordenação de nove campanhas presidenciais e coordenou o programa de governo da campanha vitoriosa do presidente Lula em 2022.

Ailton Krenak
Filósofo, escritor e ativista das causas indígenas e do meio ambiente.
Aílton Krenak_foto.jpg

Ailton Krenak é filósofo, escritor e ativista das causas indígenas e do meio ambiente. Foi Recentemente empossado na Academia Brasileira de Letras tendo sido o primeiro representante dos povos indígenas a ingressar nesta instituição.

António Costa
Presidente eleito do Conselho Europeu e Ex-Primeiro-Ministro de Portugal

Jurista e político português, exerceu nas últimas décadas funções como Deputado, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa (Prefeito de Lisboa), Secretário de Estado e Ministro em três governos e, mais recentemente foi Primeiro-Ministro de Portugal (2015-2024). Iniciará em 1° de dezembro as funções de Presidente do Conselho Europeu.

André Roncaglia
Professor na Universidade Federal de São Paulo
André_Roncaglia_foto.png

André Roncaglia é economista e professor na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), pesquisador associado ao IBRE-FGV, colunista da Folha de SPaulo. Escreveu com Paulo Gala o livro “Brasil, uma economia que não aprende” e organizou com o ex-Ministro da Fazendo Nelson Barbosa o livro "Bidenomics nos Trópicos" (2021).

É graduado em Ciências Econômicas, com mestrado em Economia, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foi doutorando visitante na University of Massachusetts Amherst, com doutorado em Economia do Desenvolvimento pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade – USP. Tem experiência nos temas: inflação e política monetária, economia monetária, macroeconomia do desenvolvimento, história do pensamento econômico, economia financeira e economia brasileira.

Twitter: @andreroncaglia
Youtube: andreroncaglia
Instagram: andre.roncaglia

Astha Kapoor
Co-founder of Aapti Institute
Astha_Kapoor_Foto.png

Astha Kapoor é cofundadora do Instituto Aapti, uma empresa de pesquisa baseada em Bangalore que trabalha na interseção entre tecnologia e sociedade. Ela possui 14 anos de experiência em consultoria de políticas públicas e estratégia, com foco no uso da tecnologia para o bem-estar. Astha lidera pesquisas e testa novos métodos de compartilhamento de dados, governança e administração de dados. Seu trabalho recente está focado na governança participativa de dados e em seu uso para construir IA colaborativa, por meio de métodos de governança coletiva, como cooperativas, especialmente para mulheres. Astha também trabalha com ideias de infraestrutura pública digital, especialmente em questões de governança de baixo para cima. Astha está cada vez mais interessada na formação de confiança em torno da adoção e uso da tecnologia e está liderando um estudo de pesquisa de dois anos para entender a confiança digital das mulheres na Índia. Ela é membro do Conselho Global do Futuro do Fórum Econômico Mundial sobre equidade de dados (2023-24), pesquisadora visitante no Ostrom Workshop (Universidade de Indiana). Ela também foi membro da força-tarefa Think20 sobre infraestrutura pública digital durante a presidência do G20 da Índia e atualmente é copresidente da força-tarefa T20 sobre a plataformização de serviços governamentais para a presidência brasileira do G20. Astha é duas vezes palestrante do TedX e Fellow do Global Governance Futures 2018-19. Os escritos de Astha foram publicados no Mint, Hindu, Deccan Herald, entre outros. Astha possui bacharelado pelo St Stephens College, Universidade de Delhi, e mestrado pelo Instituto de Estudos Sociais, Universidade Erasmus, Países Baixos.

Elsa Pilichowski
Diretora de Governança Pública na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico - OCDE
Elsa_Pilichowski_Foto.png

Como Diretora de Governança Pública na OCDE, ela lidera os esforços da Organização para apoiar os governos na construção da confiança dos cidadãos e na Iniciativa de Reforço da Democracia da OCDE. Ela também lidera o trabalho da Diretoria em políticas sobre questões-chave de governança, como orçamento, governo digital e aberto, compras públicas e governança de infraestrutura, melhor regulação, integridade do setor público, emprego público e promoção do acesso à justiça e alcance dos ODS por meio do empoderamento de jovens, mulheres e grupos vulneráveis.

Recentemente, ela liderou a transformação organizacional e empresarial da função de comunicações corporativas como Diretora Interina de Comunicações.

Anteriormente, ocupou diferentes posições dentro da Organização, incluindo Diretora Interina do Secretariado do Conselho e Comitê Executivo, Assessora e posteriormente Conselheira no Gabinete do Secretário-Geral, Vice-Chefe do Programa Eurásia e analista de políticas na Diretoria de Governança Pública, liderando trabalhos em diversas áreas de governança.

Antes de ingressar na OCDE em 2000, a Sra. Pilichowski ocupou posições no Gabinete do Vice-Presidente da Região do Leste Asiático e Pacífico do Banco Mundial e no Instituto do Banco Mundial.

De nacionalidade francesa e canadense, a Sra. Pilichowski possui um mestrado em Administração Pública pela Sciences Po em Paris (1994) e um mestrado em Economia Internacional pela Universidade Johns Hopkins em Washington D.C. (1997).

Guido Bertucci
Diretor Executivo da Governance Solutions International
Guido_Bertucci_Foto.png

Guido Bertucci é Diretor Executivo da “Governance Solutions International”, organização que promove o desenvolvimento e compartilhamento de experiências inovadoras em governança. Anteriormente, foi responsável pelo Programa das Nações Unidas sobre Administração Pública e Desenvolvimento, que promove políticas públicas sólidas, boa governança e administração pública eficiente e efetiva em todo o mundo. Ele é ex-aluno dos Conselhos da Agenda Global do Fórum Econômico Mundial. Realizou pesquisas e treinamentos sobre desenvolvimento de liderança, formação de equipes, mediação e negociação.

Foi responsável por atividades de advocacia em governança e administração pública a nível global; dirigiu pesquisas, escreveu, falou, organizou reuniões globais e forneceu assistência técnica sobre questões emergentes em políticas públicas, governança e administração pública. Ele aconselhou governos na formulação de estratégias para recursos humanos e desenvolvimento de liderança. Foi responsável pela criação e gestão da Rede de Administração Pública das Nações Unidas (UNPAN) com mais de 30 parceiros internacionais e regionais. Guido Bertucci é licenciado em Ciência Política e pós-graduado em Ciências Administrativas pela Universidade Católica de Milão.  Ele também recebeu vários títulos de Doutor Honoris Causa.

Nicholas Zimmerman
Sócio fundador da Dinámica Americas

Nicholas Zimmerman é sócio fundador da Dinámica Americas, uma empresa de consultoria estratégica. Ele é global fellow do Brazil Institute do Woodrow Wilson International Center for Scholars e também consultor sênior da WestExec Advisors. Ele atuou como Conselheiro Sênior de Política do Embaixador dos EUA nas Nações Unidas e Diretor do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca para Assuntos do Brasil e Cone Sul no governo do presidente Barack Obama.

Amir Lebdioui
Professor Associado de Economia Política do Desenvolvimento na Universidade de Oxford

Amir Lebdioui é Professor Associado de Economia Política do Desenvolvimento na Universidade de Oxford. Ele também é o novo Diretor do Centro de Tecnologia e Gestão para o Desenvolvimento (TMCD) daquela Universidade. Sua pesquisa tem se concentrado em política industrial, transformação econômica verde e modelos de inovação baseados na biodiversidade. Seu livro "Survival of the Greenest: Economic Transformation in a Climate-conscious World" foi publicado pela Cambridge University Press em 2024. Amir também aconselha regularmente governos e instituições internacionais sobre estratégias de política industrial verde.

Clara Mapelli Marchena
Secretária de Estado para a Função Pública da Espanha

Ela exerceu anteriormente os cargos de diretora geral de Governança Pública e secretária geral técnica-diretora do Secretariado do Governo, assim como os postos de subdiretora geral de Propriedade Intelectual, subdiretora de Estudos e Pesquisa do Centro de Estudos Políticos e Constitucionais, subsecretária geral técnica do Ministério da Educação, Cultura e Esporte, e diretora dos gabinetes do Secretário Geral da Função Pública e do Secretário de Estado da Justiça, entre outros.

Ao longo de sua carreira, publicou inúmeros artigos e trabalhos abordando a reforma das administrações públicas, bem como o espaço judicial da União Europeia. Também coordenou diversas atividades de formação e atuou como Professora no Instituto Nacional de Administração Pública da Espanha. Ela também é membro dos grupos de especialistas da UE em Administração Pública e Governança, e Melhoria da Regulamentação e Simplificação.

Ela possui um doutorado em Direito pela Universidad Autónoma de Madrid. Além disso, possui um mestrado em Liderança e Gestão Pública pela Universidade Internacional Menéndez Pelayo. É servidora pública vitalícia, pertencendo ao Corpo Superior de Administradores Civis do Estado.

Denise Ferreira da Silva
Filósofa, Artista e Professora, ocupante da cátedra Samuel Rudin Professor em Humanidades no Dept. de Espanhol & Português da New York University

A filósofa e artista Denise Ferreira da Silva ocupa a cátedra Samuel Rudin Professor em Humanidades no Dept. de Espanhol & Português na New York University. Seus livros incluem Toward a Global Idea of Race (Minnesota 2007), Race, Empire, and the Crisis of the Subprime (Johns Hopkins, 2013), Unpayable Debt (Sternberg 2022). Foi professora visitante na Universidade de Paris 8, Universidade da Pennsylvania, Universidade de Toronto, Universidade La Trobe, entre outras.  Expôs espaços artísticos internacionais, entre eles o Centre Pompidou, Whitechapel Gallery, MOMA e Guggenheim, MACBA, Museu Munch, Kunsthalle Wien, e as Bienais de São Paulo, Berlin e Veneza. 

James N. Green
Professor Carlos Manuel de Céspedes de História Latino-Americana na Brown University e Professor de Estudos Portugueses e Brasileiros

Professor Carlos Manuel de Céspedes de História Latino-Americana na Brown University e Professor de Estudos Portugueses e Brasileiros, James N. Green é Professor Carlos Manuel de Céspedes de História Latino-Americana na Brown University e Professor de Estudos Portugueses e Brasileiros.

É autor de “Além do carnaval: a homossexualidade masculina no Brasil do século XX”, “Ditadura e homossexualidades: repressão, resistência e a busca da verdade", "Escritos de um viado vermelho: Política, sexualidade e solidariedade", todos os três publicados também em português. Green é coautor ou coeditor de nove obras adicionais sobre o Brasil. É Co-Coordenador Nacional da Rede dos EUA pela Democracia no Brasil e Presidente do Conselho de Administração do Washington Brazil Office.

Jan Kregel
Professor de financiamento do desenvolvimento na Universidade de Tecnologia de Tallinn

Economista pós-keynesiano. Professor de financiamento do desenvolvimento na Universidade de Tecnologia de Tallinn, professor adjunto na New School for Social Research e editor do Journal of Post Keynesian Economics. Anteriormente, dirigiu a Seção de Análise de Políticas e Desenvolvimento do Escritório de Financiamento para o Desenvolvimento das Nações Unidas e foi vice-secretário do Comitê de Especialistas da ONU em Cooperação Internacional em Questões Fiscais.

Em 2009, Kregel atuou como Relator da Comissão do Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas para a Reforma do Sistema Financeiro Internacional.

Kregel contribuiu com mais de 250 artigos para volumes editados e revistas acadêmicas, incluindo Economic Journal, American Economic Review, Journal of Economic Literature, Journal of Post Keynesian Economics, Economie Appliquée e Giornale degli Economisti, além de publicar vários livros. Ele é membro vitalício da Royal Economic Society (Reino Unido) e membro eleito da Società Italiana degli Economisti e da Accademia Nazionale dei Lincei italiana. Em 2010, ele recebeu o prestigiado Prêmio Veblen-Commons da Association for Evolutionary Economics por suas muitas contribuições ao campo da economia.

José Antonio Ocampo
P
rofessor da Escola de Relações Públicas e Internacionais e membro do Comitê de Pensamento Global da Universidade de Columbia

José Antonio Ocampo é professor da Escola de Relações Públicas e Internacionais e membro do Comitê de Pensamento Global da Universidade de Columbia. Foi Subsecretário-Geral da ONU para Assuntos Econômicos e Sociais, Secretário Executivo da Comissão Econômica da ONU para a América Latina e o Caribe, e em seu país, a Colômbia, Ministro das Finanças em duas ocasiões, Ministro da Agricultura, Diretor do Planejamento Nacional e Membro do Conselho de Administração do Banco Central.

É também membro e presidente do Comité para a Política de Desenvolvimento do ECOSOC e da Comissão Independente para a Reforma da Tributação Corporativa Internacional (ICRICT). Publicou vários trabalhos sobre teoria e política macroeconómica, questões financeiras internacionais, desenvolvimento econômico e social, comércio internacional e história económica da Colômbia e da América Latina.

Jurema Werneck
Diretora Executiva da Anistia Internacional Brasil

Jurema Werneck é médica, Doutora em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da UFRJ. Diretora Executiva da Anistia Internacional Brasil desde 2017. Cofundadora de Criola, organização de mulheres negras há 30 anos com sede no Rio de Janeiro, e da Articulação das Organizações de Mulheres Negras Brasileiras, sendo sua primeira Secretária Executiva. Ativista experiente nas áreas de direitos humanos, igualdade racial e de gênero e saúde da população negra e das mulheres.

Maria Luz Rodríguez Fernández
Professora de Direito do Trabalho na Universidade de Castilla-La Mancha (Espanha)

María Luz Rodríguez Fernández é professora de Direito do Trabalho na Universidade de Castilla-La Mancha (Espanha) e líder do Acordo de Colaboração entre Red.es (Ministério Espanhol da Transformação Digital e da Função Pública) e a Universidade de Castilla-La Mancha para a implementação dos direitos digitais incluídos na Carta Espanhola dos Direitos Digitais no ambiente laboral e empresarial, incluindo as administrações públicas.

Trabalhou como Especialista Sênior em Instituições do Mercado de Trabalho e produziu o relatório global “Trabalho Decente na Economia de Plataforma” para a Organização Internacional do Trabalho (Genebra). É considerada uma das principais especialistas em investigação sobre o impacto da tecnologia no trabalho, nas relações laborais e na proteção social, especialmente em relação aos direitos digitais e ao trabalho na economia das plataformas. Foi Vice-Ministra do Trabalho do Governo de Espanha e foi condecorada com a Distinta Cruz de Primeira Classe de San Raimundo de Peñafort (distinção por méritos jurídicos).

Mariana Mazzucato
Professora de Economia da Inovação e Valor Público na University College London

Mariana Mazzucato (PhD) é professora de Economia da Inovação e Valor Público na University College London (UCL), onde é Diretora Fundadora do UCL Institute for Innovation & Public Purpose. Ela é vencedora de prêmios internacionais, incluindo o Grande Ufficiale Ordine al Merito della Repubblica Italiana em 2021, a maior homenagem civil da Itália, o Prêmio John von Neumann de 2020, o Prêmio Madame de Staël para Valores Culturais de Todas as Academias Europeias de 2019 e o Prêmio Leontief de Avanço em 2018. as Fronteiras do Pensamento Econômico. Mais recentemente, o Papa Francisco nomeou-a para a Pontifícia Academia para a Vida por trazer “mais humanidade” ao mundo.

Além de "O Estado empreendedor: Desmascarando o mito do setor público vs. setor privado” (2013), ela é autora de “O valor de tudo: Produção e apropriação na economia global” (2018), " Missão economia: Um guia inovador para mudar o capitalismo” (2021) e, mais recentemente, " A grande falácia: Como a indústria da consultoria enfraquece as empresas, infantiliza governos e distorce a economia” (2023). Ela aconselha os legisladores de todo o mundo sobre o crescimento inclusivo e sustentável liderado pela inovação. As suas funções incluíram, por exemplo, Presidente do Conselho de Economia da Saúde para Todos da Organização Mundial de Saúde, Co-Presidente da Comissão Global sobre a Economia da Água, membro do Conselho Consultivo Económico do Presidente da África do Sul e Co-Presidente do Grupo de Peritos do Grupo de Trabalho do G20 para a Mobilização Global contra as Alterações Climáticas.

Apoio

Realização

Mais informações sobre o evento via estadosdofuturo@g20.gov.br